Fundamentos táticos

POSIÇÕES DE ATAQUE

  • Armador:

–      Geralmente são os mais baixos e mais rápidos da equipe

–      Atuam longe da cesta

–      Devem possuir um bom passe e drible

–      O arremesso mais utilizado é o jump de longa distância

–      Deve possuir uma boa visão de jogo

–      Capacidade de decisão

  • Pivô:

–      Jogam próximos à cesta

–      Fisicamente alto e forte

–      Grande capacidade de giros e fintas

–      Arremessos de curta distância: jump e gancho

–      Bom posicionamento para o rebote ofensivo

  • Ala ou lateral:

–      Estatura média e não muito lento

–      Bom arremessador de média distância

–      Boa capacidade de rebote

SISTEMAS DE DEFESA

Defesa individual

  • Principal característica: situação um contra um. Cada defensor marca um atacante determinado.
  • Princípios:
  • Ficar entre o atacante e a cesta
  • Se o atacante estiver com a bola, manter-se   próximo
  • Não tentar tomar a bola a qualquer custo, cometendo faltas desnecessárias
  • Tentar levar o atacante para seu lado de menor habilidade, laterais ou cantos da quadra.

Vantagens da defesa individual

  • Define responsabilidade
  • Exige a correta execução dos fundamentos individuais de defesa
  • Desenvolve a atenção e velocidade de movimento
  • Propicia o equilíbrio físico e técnico entre defensores e atacantes
  • É adaptável a qualquer tipo de sistema de ataque
  • Dificulta os passes e arremessos de média e longa distância

Desvantagens da defesa individual

  • Facilita penetração à cesta
  • Facilita o corta-luz adversário
  • Pode provocar um grande número de faltas pessoais
  • Dificulta o rebote defensivo
  • Dificulta as saídas para contra-ataque

Sistema de defesa por zona

  • Principal característica: marcação por áreas e o deslocamento dos defensores nessas áreas. Sendo que o deslocamento é determinado pela movimentação da bola.

Vantagens da defesa por zona

  • Posicionamento do defensor de acordo com a estatura
  • Facilita o rebote de defesa
  • Facilita as saídas para o contra-ataque
  • Dificulta o jogo próximo à cesta
  • Facilita a volta organizada para a defesa

Desvantagens da defesa por zona

  • Facilita a troca de passes
  • Facilita arremessos de média e longa distância
  • Pode provocar acomodação dos defensores longe da bola
  • Necessita de muito entrosamento para as coberturas
  • Possui áreas  vulneráveis
  • Áreas comuns podem provocar indecisão entre defensores

Defesa por pressão

  • Principais características: agressividade e dois atacantes marcando um adversário.
  • Requer uma boa condição física
  • Utilizada em momentos específicos do jogo para tentar mudar o ritmo da partida

Vantagens da defesa por pressão

  • Surpresa ao adversário pode levar ao erro
  • Quebra do ritmo de jogo do adversário
  • Força o ataque a realizar passes e arremessos precipitado
  • Aumenta a possibilidade de recuperação de bola

Desvantagens da defesa por pressão

  • Possibilidade de o ataque utilizar de forma eficiente os jogadores sem marcação
  • Maior possibilidade de cometer faltas pessoais
  • Grande exigência física

Defesa mista

  • Utilização de dois sistemas simultâneos
  • Exemplo: um jogador marca individual e os demais por  zona

Vantagens da defesa mista

  • Dificulta a ação do principal jogador adversário
  • Exige que o adversário tenha que se adaptar à defesa
  • Altera o ritmo de jogo do adversário

Desvantagens da defesa mista

  • Área restritiva desprotegida
  • Exige movimentação constante  dos defensores por zona
  • Exige maior atenção os defensores em relação à bola

Defesa combinada

  • Utilização de dois ou mais sistemas em momentos diferentes  do ataque
  • Exemplo:

–      Marcar meia quadra na reposição de bola da equipe adversária

–      Mudar para defesa por zona quando o adversário consegue ultrapassar a linha central da quadra.

Vantagens e desvantagens da defesa combinada

  • Vantagem: as alterações  da movimentação confundem o ataque e obrigam o adversário a se adaptar constantemente
  • Desvantagem: exige um grande entrosamento.

Fonte: (Ferreira e De Rose, 2003)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: